Início

"Penas afiadas, leitores ultrajados: Crimes de imprensa nas Comarcas de São Paulo, Campinas e Bragança (1850-1930)" é financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) na modalidade "Auxílio à Pesquisa".

Está em andamento desde outubro de 2018, com vigência até setembro de 2020.