Notícias

Exibindo 11 a 20 de 428
"Eles querem nos acuar nas redes"

Leia abaixo a nota escrita pela professora Lucilene Reginaldo sobre a invasão de uma palestra na web, ocorrida em 08 de junho, e seus desdobramentos:

Eles querem nos acuar nas redes

Na noite de segunda-feira (08/06), um evento virtual promovido conjuntamente por dois grupos de pesquisa de duas universidades da Bahia sofreu uma invasão virtual. Eu estava lá, convidada pelo professor Carlos da Silva Jr. para apresentar minha pesquisa sobre um liberto, nascido em Mariana; formado em Cânones, em Coimbra; que foi missionário e morreu no Reino do Congo, no final do século XVIII. O evento começou com muita gente na sala virtual, talvez umas 50 pessoas, a maioria conhecida. Dez minutos depois, éramos cerca de 70. Em seguida, começou a entrar mais gente, pessoas desconhecidas e com comportamentos incomuns em eventos acadêmicos (andando pela casa com camera do celular ligada, por exemplo). Pouco depois, começou a trolagem,...

Bolsonaristas impedem reunião acadêmica

A reunião conjunta de duas linhas de pesquisa ligadas aos Programas de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual de Feira de Santa (UEFS) e Universidade Federal da Bahia (UFBA), realizada no dia 8 de junho para debater um texto da professora Lucilene Reginaldo, foi invadida e interrompida por um grupo de pessoas que se autodeclararam bolsonaristas. Sem outro objetivo a não ser impossibilitar uma atividade acadêmica, o grupo se vangloriou de sua atuação fascista. A invasão foi gravada e as duas universidade irão investigar o ocorrido. Há uma denúncia na delegacia de crimes digitais em andamento.

Precisamos proteger nossas salas de aula e nossas reuniões, presenciais e virtuais, para que a produção de conhecimento não seja objeto de truculências como esta.

Enquanto aguardamos as investigações, manifestamos nossa solidariedade aos colegas das duas universidades e, especialmente, à Lucilene.  

Olhar Zumbi dos Palmares e de todos nós

Leia abaixo o texto de Silvia Hunold Lara a propósito de publicações recentes no site da Fundação Cultural Palmares.

A ANPUH está divulgando respostas e reações de vários historiadores.
Acesse aqui a página do Facebook da ANPUH e participe!  

Zumbi dos Palmares e de todos nós

            O site da Fundação Palmares (http://www.palmares.gov.br/) tornou-se um difusor de textos com “propósitos políticos, ideológicos, racialistas e identitários”. As palavras são retiradas de uma das publicações, de autoria de Mayalu Felix. Evidentemente, emprego os termos em sentido inverso - para chamar a atenção que, hoje, uma instituição que nasceu para desenvolver políticas públicas para acabar com o racismo e a...

imagem Lucilene Reginaldo fala sobre sua pesquisa: um homem preto, formado em Coimbra e missionário no Congo

Hoje, dia 8 de junho, às 18h30 a professora Lucilene Reginaldo apresentará sua pesquisa sobre "André do Couto Godinho: homem preto, natural do Brasil, formado em Coimbra e missionário no Congo (1724-c.1790)". A apresentação será realizada via Google Meet, a convite do Grupo de Estudos em História da África Pré-Colonial e do Tráfico Atlântico de Escravos (UFES) e do Grupo de Pesquisa Escravidão e Invenção da Liberdade (UFBA). O link para a reunião será disponibilizado aos interessados, a partir das 18h, no Instagram de Carlos da Silva Jr., que atuará como mediador do debate: csilvajunior

Revistas de humor e sexo no RJ no início do século XX

Clichês Baratos - Sexo e humor na imprensa ilustrada carioca do início do século XX, de Cristiana Schettini, é o mais recente título da coleção Históri@ Ilustrada (Editora da Unicamp)

A obra, lançada no começo de abril, resultou de uma pesquisa sobre as revistas "O Rio Nu" e "Sans Dessous", publicadas entre os anos de 1898 e 1916. Chamadas de “gênero alegre”, eram periódicos que uniam humor e erotismo em seus textos e ilustrações. O livro revela a maneira como homens e mulheres conviviam no mundo do entretenimento noturno e da prostituição do Rio de Janeiro, abordando as diferenças raciais e classistas da cidade de um novo ângulo. 

O Blog da Editora da Unicamp publicou recentemente uma resenha sobre o livro, que você pode ler clicando aqui!

Sexo, Humor e Diversão

O vídeo Sexo, Humor e Diversão é um dos materiais que acompanha o livro Clichês Baratos - Sexo e humor na imprensa ilustrada carioca do início do século XX, de Cristiana Schettini, recentemente publicado pela Editora da Unicamp e que faz parte da coleção Históri@ Illustrada

O livro analisa um conjunto de publicações ilustradas cariocas, hoje quase esquecidas, que eram dirigidas ao público masculino e se dedicavam ao humor erótico. Os estereótipos em torno das mulheres e dos papéis sexuais retratados nessas publicações
permitem traçar um retrato pouco habitual da sociedade, vista pelo ângulo das diversões noturnas, da prostituição e das relações de gênero.

O vídeo aborda essas questões, apresentando um panorama dos temas tratados pelo livro, e foi...

Atividades presenciais continuam suspensas até 30 de maio

Resolução da Reitoria GR nº. 60/2020, publicada em 07/05/2020, prorrogou a suspensão das atividades presenciais na Unicamp até dia 30 de maio, em função da pandemia do novo coronavírus. 

Várias atividades estão sendo realziadas de forma virtual.

Leia abaixo Plano de Emergência para Atividades Não-Presenciais nos Cursos de Graduação e Pós-Graduação aprovado na congregação do IFCH Unicamp realizada do dia 02 de abril de 2020.

PARECER DA CONGREGAÇÃO No 085/2020

A CONGREGAÇÃO DO INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS, reunida virtualmente em sua 253a Sessão Ordinária, realizada aos 02 de abril de 2020, aprovou o Plano de Emergência para Atividades Não-Presenciais nos Cursos...

As origens do 1° de Maio

 

O professor Cláudio Batalha (CECULT) participou do Podcast da ANPUH para falar sobre o Dia do Trabalho e o motivo para ser comemorado no dia 1° de maio.

Clique aqui para ouvir o episódio.

 

Lançamento do livro "Clichês Baratos", de Cristiana Schettini

Clichês Baratos, o novo livro da coleção Históri@ Illustrada, foi lançado no início de abril. Para comemorar, foi realizada uma live com a autora, a historiadora Cristiana Schettini no dia  22.

O livro analisa um conjunto de publicações ilustradas cariocas, hoje praticamente desconhecidas. Dirigidas ao público masculino, elas se dedicavam ao humor erótico no começo do século XX. Com seus estereótipos em torno das mulheres e dos papéis sexuais, essas publicações permitem traçar um retrato pouco habitual da sociedade, vista pelo ângulo das diversões noturnas, da prostituição e das relações de gênero.

Disponível apenas em formato digital, o livro oferece aos leitores acesso imediato a um amplo conjunto de fotografias, vídeos e canções que...

Suspensão de atividades na Unicamp

 

Leia abaixo a atualização das medidas decretadas pela Reitoria suspendendo as atividades presenciais na Unicamp.

Para mais informações sobre medidas e notícias em relação ao impacto da pandemia do novo coronavírus na Unicamp, clique aqui.

 

Resolução GR- 34/2020, de 22/03/2020 

Reitor: Marcelo Knobel 

Dispõe sobre medidas complementares à Resolução GR n.º 24/2020, em virtude da quarentena decretada no Município de Campinas e no Estado de São Paulo pandemia do Coronavírus (Covid-19)

O Reitor da Universidade Estadual de Campinas,  

- Considerando o agravamento da crise sanitária ocasionada pela pandemia do coronavírus, declarada no dia 12/03/2020 pelo Diretor-geral da OMS; 

- Considerando as medidas preventivas tomadas na Unicamp, em especial a Resolução GR n.º 24/2020;

- Considerando o Decreto...

Páginas